Seguidores

sexta-feira, 11 de Abril de 2014

um desafio para uma festa com muito aroma e sabor!!!!


Bom dia, bom dia pessoas lindas!!!

1º aniversario do blog foi assim:




No 2º aniversario 


Aconteceu isto:
E ainda isto:


E o terceiro está a aproximar-se:


Podem participar até ao dia 1 de Junho, podem mandar as participaçoes por mail, no vosso blog ou nas vossas paginas de FB, deixando o linck aqui nest post ou na minha pagina do FB, no post que eu la vou deixar hoje tb.

Espero poder contar com vcs!!!

Beijocas 

Margarida

quinta-feira, 10 de Abril de 2014

E porque tenho saudades do mar - um guisado com o seu sabor!



Ó mar salgado, quanto do teu sal
Sao lagrimas de Portugal
Por te cruzarmos, quantas maes choraram
Quantos filhos em vao rezaram!
Quantas noivas ficaram por casar
Para que fosses nosso, ó mar!

Valeu a Pena? Tudo vale a pena
se a alma nao é pequena.
Quem quer passar alem do Bojador
Tem que passar alem da dor.
Deus ao mar o perigo e o abismo deu
Mas nele é que espelhou o céu.

Poema de: Fernando Pessoa


Bom dia, bom dia pessoas mais lindas do  mundo e arredores!!!

E porque me deu a saudade do mar, do grito das gaivotas, das ondas sobre os meus pés!
E  porque quis fazer uma comida pouco calorica mas cheia de sabor, deixo a sugestao deste Guisado com sabor a mar, com sabor a saudade de um entardecer junto ao Atlantico!


Beijocas

Margarida


terça-feira, 8 de Abril de 2014

Um bolo de noz que fez calar minha voz


Amo as pedras, os astros e o luar
que beija as ervas do atalho escuro
Amo as agua de anil e o doce olhar
dos animais, divinamente puro.

Amo a hera que entende a voz do muro
e dos sapos, o brando tilintar
de cristais que de afagam devagar,
e da minha charneca o rosto duro.


Amo todos os sonhos que se calam
de coraçoes que sentem e nao falam
tudo o que é infimo e pequenino

Asa que nos protege a todos nós
Soluço imenso, eterno, que é a voz
Do nosso grande e misero destino!...

Poema de Florbela Espanca


Bom dia, bom dia gente mais linda do mundo e arredores!

Aqui fica a sugestao de mais um bolinho, para mim o melhor bolo de noz que eu ja comi, leve, humido e simplesmente divino!

Nao precisam colocar a cobertura de chocolate, pois ele é igualmente maravilhoso sem ela, so que com os meus filhos a "coisa" nao funciona sem o nectar dos deuses.

Beijocas

Margarida


segunda-feira, 7 de Abril de 2014

Bolo de vinho do porto com cobertura



Bom dia, bom dia gente mais linda do mundo e arredores!!!!

Sabem aqueles ingredientes que vivem nos nossos armarios vidas sem fim, e quando olhamos para eles pensamos, que vou eu fazer ctg que estas a perder a validade? 

Nem imaginam as vezes que isso acontece comigo, compro, compro e depois nao uso... e foi assim que nasceu esta cobertura do bolo... um pacote de leite creme (daqueles preparados que compramos nos supermercados) que estava a dar mole e a rir-se para mim! Peguei nele e faltava 2 semanas para o prazo terminar...  

Lá em casa nao somos grande apreciadores de leite creme de compra, e a mim nao me apetecia estar a fazer uma sobremesa, que a partida estava condenada a andar dias no frigorifico acabando mesmo por ir para as galinhas.

Lembrei-me entao de um bolo que a minha avo fazia muito quando eu era pequena, o bolo de agua chamava ela, simples, façil e pratico! Alterei somente uma coisa na receita, coloquei vinho do porto que deu ao bolo um sabor maravilhoso.


Podem fazer o bolo sem cobertura, pois na realidade ele nao a tem, mas eu usei o leite creme e polvilhei com canela, agora nao sei se vcs conseguem imaginar o sabor que o vinho do porto confere ao bolo juntamente com  a canela que polvilhamos por cima... Ficou para lá de bom!


Nao sobrou fatia para contar a historia!

Fica a sugestao!

Beijocas

Margarida


terça-feira, 1 de Abril de 2014

Dia 1 na cozinha - doces tradicionais


Ola, ola gente mais linda do mundo e arredores... 

Eu chego pela maré da noite e estava a ver que nao conseguia chegar... mas o Sao Pedro la deu umas treguas e eu consegui ter novamente net em casa!!!

Custava-me muito nao participar em mais um desafio deste Grupo maravilhoso, mas fico feliz porque consegui!!!


A receita que vos deixo é de um folar tipico aqui da minha terra, a  que chamamos bolo doce... e se eu nao sou perdida pelos doces de natal tenho que vos dizer que por este em especial... hummm sou completamente apaixonada!!!

Espero que gostem!!!


E aqui fica a minha participaçao!!!

Venha o proximo dia 1!!!


Beijocas

Margarida


sábado, 15 de Março de 2014

Tarte de caramelo/ bolo de maionese formigueiro/ bolo de cenoura com calda de kiwi




Ola, ola gente mais linda do  mundo e arredores!!

Eu sei que desde o dia 1 que nao passo por aqui nem pelos vossos cantinhos, por vezes eu precisava que o meu dia tivesse 48h horas para poder fazer o que gosto, mas como isso nao é possivel lá acabo por ficar eu sempre sem fazer as coisas que gosto...

TARTE DE CARAMELO


Mas de momento confesso que também nao é po por isso que o blog anda meio parado...
Respeito todos as religioes e todos os credos, mas nunca escondi que sou Cristã, e a partir do momento que entramos na Quaresma, eu entendi que o meu jejum nao seria nao comer carne em determinados dias, porque desculpem a minha radicalidade, mas nao comer carne e comprar um peixe que custa mais qua a carne, isso nao é jejum, para mim a minha penitencia é deixar de lado algo que eu goste muito e que quase me faça trepar paredes... e o que é isso??? Fazer doces e bolos (uma vez que nao posso deixar de  cozinhar pois tenho uma familia para alimentar) E  como tal desde o primeiro dia da Quaresma que nao os faço...


Nao quis deixar no entanto de vir aqui e deixar-vos uma palavra e uma explicaçao, eu espero que depois da Pascoa, passe a ter mais tempo para organizar a minha vida conseguir postar e conseguir visitar-vos.


BOLO DE MAIONESE FORMIGUEIRO


Eu nao sei se conhecem aquela musica que diz:

"Muda de vida se nao te sentes satisfeito
muda de vida estás sempre a tempo de mudar
Muda de vida, nao deves viver contrafeito
Muda de vida se ha vida em ti a latejar"



Confesso que me sinto mesmo a sufocar na minha vida e no meu trabalho... quando se tem 20 e poucos anos entrar na brincadeira de adolescentes é façil, quando se sai do trabalho aos 30 depois de um dia a aturar adolescentes, chegar a casa e encontrar calma é uma maravilha, mas quando aos 30 as coisas mudam e aparecem os filhos, aí passa a ser um sacrificio bem grande ir para o trabalho.
Sinto muitas vezes que nao tenho vida em mim a latejar, pareço mais um zombie que anda ali e inevitavelmente nao consigo separar as coisas, trabalho e casa, e em casa acaba-se por viver um ambiente mais pesado!


BOLO DE CENOURA COM COMPOTA DE KIWI


E se existe uma coisa que eu adoro fazer é mesmo escrever, entao o meu tempo tb foi ocupado a escrever o meu primeiro livro infantil:

"AS AVENTURAS DE MOISÉS E TOBIAS"

As aventuras de dois gatitos gemeos e neste momento um amigo meu está a reve-lo e a ver se ha alteraçoes para fazer, espero em breve poder te-lo á venda, nao estou á procura de fama nem de ficar rica, estou á procura do meu caminho e do que me da prazer.


E com este paleio todo deixei-vos aqui 3 sugestoes de bolos que fiz antes da Quaresma e que as fotos andavam para ali perdidas.

Qualquer um deles me surpreendeu pela positiva e nao duraram aqui em casa muito tempo!


Beijocas

Margarida


sábado, 1 de Março de 2014

Ed ecco pizze piovuto e più pizze - dia 1 na cozinha



Ciao, ciao persone più belle del mondo e dintorni! 
Benvenuti ad un altro "Day 1 in cucina", e il tema proposto questo mese da nostri bellissimi anfitreas erano le pizze. Se si desidera che sono ancora in tempo per partecipare, se vogliono vedere una autentica parata di loro appena cliccato Dia um na cozinha e lasciatevi prendere i meravigliosi sapori e novità che appaiono in quel modo ... credo avrà pizze per quasi 365 giorni all'anno.

Bem deixando de brincadeira... descobri num site " gazeta  de Beirute " que para a pizza tal como em   toda história, existem varias versões, uma delas diz que começou há seis mil anos, com os egípcios; acredita-se que eles foram os primeiros a misturar farinha com água. Outros já afirmam que os pioneiros são os gregos, que faziam massas a base de farinha de trigo, arroz ou grão-de-bico e as assavam em tijolos quentes; esta novidade da época foi parar na Etrúria (região da Italia, onde atualmente é a Toscana). 

Ao contrário do conhecimento popular, apesar de tipicamente italiana, os babilônios, hebreus e egípcios já misturavam o trigo, amido e a água para assar em fornos rústicos há mais de 5000 anos. A massa era chamada de pão de Abraão, muito parecida com os pães árabes atuais, e recebia o nome de piscea, daí o nome pizza.

Os fenícios, sete séculos antes de Cristo, costumavam acrescentar coberturas de carne e cebola ao pão; os turcos muçulmanos adotaram esse costume durante a Idade Média e por causa das cruzadas essa prática chegou à Itália pelo porto de Nápoles, sendo em seguida incrementada dando origem à pizza que conhecemos hoje. No início de sua existência, somente as ervas regionais e o azeite de oliva eram os ingredientes típicos da pizza, comuns no cotidiano da região. 

Os italianos foram os que acrescentaram o tomate, descoberto na América e levado a Europa pelos conquistadores espanhóis. Porém, nessa época a pizza ainda não tinha a sua forma característica, redonda, como a conhecemos hoje, mas sim dobrada ao meio, feito um calzone. A primeira pizza a conter queijo foi criada em 1889, pelo Chef Raffaele Esposito, para a Rainha Margherita. A pizza unia tomates, manjericão e queijo para representar as cores da bandeira da Itália.

A pizza era um alimento de pessoas humildes do sul da Itália, quando, próximo do início do primeiro milênio, surge o termo "picea", na cidade de Nápoles, considerada o berço da pizza. "Picea" indicava um disco de massa assada com ingredientes por cima. Servida com ingredientes baratos, por ambulantes, a receita objetivava "matar a fome" principalmente da parte mais pobre da população. 

Normalmente a massa de pão recebia como sua cobertura toucinho, peixes fritos e queijo. A fama da receita correu o mundo e fez surgir a primeira pizzaria que se tem notícia, a Port’alba, ponto de encontro de artistas famosos da época, tais como Alexandre Dumas, que inclusive citou variações de pizzas em suas obras. 

Aqui ha dias fiz para o jantar pato com laranja, e confesso que desta vez deixamos os patos crescerem um pouco mais, tendo cada um cerca de 4,5kg, e assei um inteiro, sobrando-me muita carne... Na altura eu andava a pensar que pizza havia de fazer, e nao me surgia ideia nenhuma, entao foi quando pensei, porque nao fazer uma pizza de pato com laranja? E olhem é esta a minha proposta


No copo da bimby coloquei o fermento, o açucar a agua e a manteiga 3min/vel2/temp37º

De seguida adicionei a farinha e uma pitada de sal, envolvi 6Seg/vel6  e depois programei 4min/vel espiga.

Deixei a massa dobrar de volume.

Enquanto isso desfiei o pato e (podem nao fazer refogado colocar somente o pato desfiado por cima da pizza)  fiz um refogado com 1 cebola picadinha, 2 dentes de alho e salsa picada, quando a cebola ficou murcha, adicionei um pouco do molho de assar o pato e adicionei o pato desfiado, deixei tomar gosto por mais ou menos 15 minutos.

A massa dobrou de volume e numa superficie enfarinhada abria-a em redondo colocando-a de seguida no tabuleiro de fazer pizza, estiquei um pouco mais os rebordos e espalhei queijo ralado em toda a volta e fechei os rebordos, no centro reguei com um pouco de azeite aromatizado com salsa, cebolinho e alecrim, espalhei bem por todo o meio da pizza e de seguida adicionei o preparado de pato. ESpalhei o restante queijo por cima do pato e enfeitei com rodelas de mini tangerinas, levei ao forno até estar douradinha e a massa cozida!


Eu sei que nao coloquei nenhum ingrediente habitual das pizzas alem do queijo, mas so vos posso dizer que aqui em casa a pizza desapareceu antes de arrefecer... uma pizza voltar a "encomendar"

Ora possiamo solo aspettare per il giorno successivo 1 ... Ma il giorno dopo 1 è una bugia ... Che trappola ci prepara ragazze?

schiaffi

Margarida

sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2014

Quando se junta requeijao, café e Nutella ...



Ola, Ola gente mais linda do mundo e arredores!!!

Eu tenho tentado ser mais assidua por aqui e espero que assim continue... vamos ver!!!

Por aqui os requeijoes têm abundado e entre os queijos frescos e os que temos para ali a secar quease nao damos vazao a tanta coisa... Confesso que lá vamos dando alguns e tal... mas pr aqui continuam a haver muitos, pois a donas cabrinhas apesar de ainda amamentarem as suas crias continuam a ser generosas e a ter leite em abundancia, bem como as donas ovelhitas!

Aqui ha dias tinha uma base de massa folhada ja 15 dias fora da validade no figorifico, e um frasco de nutella a dar mole, pois os meus filhos nao sao muito apreciadores desta... 

Andei a pensar o que poderia fazer... e como a base folhada ainda estava boa, e a nutella olhava para mim... decidi deitar maos á obra e nasceu uma tarte de requeijao com o crocante das nozes, o subtil aroma de café e a nutella derretida por cima!

Por aqui foi bem apreciada!!!



Eu faço as minhas tartes muito rapidamente...

Começo por forrar a tarteira com a base de massa folhada.

Numa tigela adiciono os dois requeijoes e envolvo-os bem, junto de seguida o leite condensado, os ovos e o café (eu usei pensal, podem usar outro ao vosso gosto) envolvi muito bem e por ultimo envolvi as nozes picadas.

Verte-se dentro da tarteira e vai ao forno pre aquecido a 180º cerca de 45-50 minutos, ou ate que ao fazder o teste do palito este saia limpo.

Derrete-se a nutella em banho maria e espalha-se por cima da tarte...

Decora-se a gosto!



Beijocas

Margarida

quarta-feira, 19 de Fevereiro de 2014

E quando se gosta de um pao...



Ola, ola gente mais linda do mundo e arredores!!!

Aqui em casa todos os dias ou quase todos os dias tenho que fazer pao... e confesso-vos que este ja nao é a primeira vez que o faço e sei, que é o pao preferido dos meus filhos, sem duvida alguma.

A receita original encontrei-a aqui Aqui e desde o primeiro dia que a fiz, os meus filhos simplesmente devoraram o pao! Come-se mesmo bem sem nada... acaba por se tornar um vicio enorme!

Da receita original simplesmente acrescentei puré de batata em flocos que faz com que o pao fique ainda mais fofinho e por mais tempo (aqui em casa nao tem tempo para isso, pois desaparece na hora)

E longe  vai o tempo em que fazer pao para mim era uma canseira, agora coloco a dona bimby a trabalhar para mim e depois eu so tenho que o moldar a meu gosto.


No copo da bimby coloca-se a agua, o fermento, o açucar e a manteiga 1min/vel3/temp 37º

Juntar a farinha, os flocos de puré de batata e o sal envolver tudo 6seg/vel6 e depois programar 4min/vel espiga

Deixar dobrar de volume.

Moldar o pao ao nosso gosto, num fiz uma rosca e no outro fiz um rolo, dei uns cortes com a tesoura e virei um corte para a direita, outro para a esquerda (da proxima faço um passo a passo)

Deixei descansar mais 30 minutos.

pincelei com leite e espalhei por cima sementes, mas esta parte é opcional, podem faze-lo simples!


É um pao super rapido de fazer e acreditem ainda é mais rapido a deixar-se comer!!!

Beijocas

Margarida

segunda-feira, 17 de Fevereiro de 2014

Uma Tarte para a Aidinha


Ola, ola gente mais linda do mundo e arredores!!

Ja sei, ja sei, tenho ando outra vez desaparecida, mas o tempo foge-me das maos e quando vou a dar por ela, ja quase passou um mes!!!

Bem o que eu nao podia deixar era passar o aniversario do blog da minha querida Aidinha!

Andei a magicar o que poderia fazer... a falta de tempo era um enorme entrave...

Um dia quando cheguei a casa, olhei para dois requeijoes que tinha feito na vespera, um de ovelha e outro de cabra e lembrei-me que no frigorifico tinha uns moranguitos que tinha comprado a pedido dos meus filhos, mas que eles acabaram por nao comer... Ok... Confessso que foi um pouco ir a despensa ao frigorifico e ver o que havia e fazer a tarte... 



Reveste-se uma tarteira com a massa quebrada.

Numa tigela juntam-se os requeijoes e com a ajuda de um garfo envolvem-se bem. Adiciona-se o leite condensado, os ovos e bate-se bem com um fuet. Envolve-se os morangos e as lascas de chocolate e verte-se para a tarteira. Leva-se ao forno pre aquecido a 180º cerca de 45 minutos ou ate ao fazer o teste do palito este saia limpo.


Entretanto derreti um pouco de doce de morango com uma colher de sopa de agua ate que este se forma-se numa geleia.

Quando a tarte ja se encontrava morna deitei por cima a geleia de morango... depois ... depois foi so deliciarmo-nos!!!


Aidinha, espero que gostes, garanto-te que foi feito com muito carinho!

Que atras do segundo aniversario venham muitos e muitos mais, e que ca estejamos para comemorar!!!

Beijocas

Margarida


sábado, 1 de Fevereiro de 2014

Dia 1 na cozinha ... Sopas



Boa noite, boa noite gente mais linda do mundo e arredores!!!

E chegou mais um dia 1... e eu quando vi o tema proposto para o desafio deste mes ... pensei... que maravilha... Sopa... quase todos os dias tenho sopa em casa, principalmente agora com o te mpo frio, sabe muuto bem uma sopa quentinha  e feita com os legumes da epoca que tenho no quintal!!

Depois pensei... bolas queria fazer uma sopa diferente... num dos programas do Chakal (peço desculpa se nao é assim que se escreve, mas hoje as palavras tb nao me correm) vi uma sopa que me chamou a atençao... uma sopa Tailandesa com leite de coco... mas tinha peixe... nos varios programas do "Masterchef australia" tb havia ideias... mas se por conterem carnes ou peixe estavam fora de questao, tb tinha um contra muito grande..  A quantidade de gente esquisita aqui em casa que é superior a mim... logo tina que ser uma sopa que fosse ao encontro de todos... e peço-vos desculpa mas daqui saiu a banal sopinha de repolho com puré de feijao com ovo escalfado em alecrim e tomilho!

Ja sabem que o  Grupo dia 1 Na cozinha todos os meses lança um desafio e ainda estao a tempo de aderir, basta pedirem para serem adicionadas/os!


A minha sopa foi feita com ingredientes a olho, sem medida certa... 


Numa panela coloquei um fio de azeite, piquei 2 cebolas, e 3 dentes de alho, 1 folha de louro e deixei refogar por uns minutos... Aos poucos adicionei 1 courgette, 1 chuchu, 1 abobora manteiga, 2 cenouras e um talo branco de alho frances tudo cortado em pedaços. Adicionei uma concha de feijao vermelho cozido (como tenho caseiro eu costumo cozer na hora ) e 2 conchas da agua onde o feijao foi cozido, acabei de tapar os ingredientes com agua fervente e temperei com sal.

Enquanto a sopa cozia por mais ou menos meia hora, cortei um repolho em 4 partes  e parti em juliana bem fininha.

Quando a mistura estava cozida retirei a folha de louro e reduzi tudo a puré. adicionei a couve cortada e mais uma concha de feijao. Quando levantou fervura retifiquei os temperos e deixei cozinhar por 10 minutos.

Num tacho coloquei agua a ferver. Cortei 4 pedaços de película aderente, no centro coloquei umas gotas de azeite, parti sobre este um ovo e temperei com folhas de tomilho e alecrim, fechei o ovo dentro da pelicula aderente e atei com fio de cozinha (repeti esta operaçao para os 4 ovos) e coloquei cada saquinho dentro do tacho deixei ferver entre 7 a 10 minutos dependendo do gosto de cada pessoa.


Servi os ovos com a sopa colocando-os em cima de uma tosta.


Espero que gostem da sugestao... por aqui ja se repetiu mais vezes!!!


Beijocas

Margarida

quinta-feira, 23 de Janeiro de 2014

Um masterchef junior na cozinha


Bom dia, bom dia gente mais linda do mundo e arredores!!!

Antes de falr do post de hoje, quero agradecer-vos pelas  vossas palavras de carinho no dia do meu aniversario! Muito obrigado mesmo!


Bem o meu filho mais velho é completamente viciado no masterchef junior Australia, vcs nem imaginam , quando esta a dar o programa , pára tudo ai de quem faça barulho que ele fica completamente vidrado ao ecra da tv... confesso que eu gosto de  tb assistir ao programa, mas da-me um principal prazer ve-lo a assistir e a a perguntar-me quando é que ele pode b cozinhar... Pois bem... no dia dos meus anos chegou a hora de ele ajudar, e disse-lhe que ele ia preparar uma entrada que eu tinha visto numa revista (numa teleculinaria, nao sei qual, sei que me ficou na cabeça pela facilidade da entrada e pelos sabores contratantes que iriamos encontrar nela)...

Coloquei-lhe os ingredientes á frente e expliquei-lhe o que tinha de fazer... e ele fez... 

Nao imaginam a delicia que é o sabor salgado do bacon tostadinho com o refrescante ananas... Só vos posso deixar um conselho EXPERIMENTEM E DELICIEM-SE!

#4 rodelas de ananas partidas em pedaços
#tiras de bacon (eu parti ao meio no sentido do comprimento)
#palitos

Liga-se o forno a 200º.

Enrola-se cada pedAÇO de ananas num pouco de bacon e espeta-se um palito para segurar.

Forra-se um tabuleiro com papel vegetal e colocam-se la os embrulhos...

Leva-se ao forno quente cerca de 10-15 minutos, ate estarem bem douradinhos.

Servem-se quentes, ou frios!





Espero que gostem!!!

E que esta seja a primeira de muitas receitas do meu mestre "cuca" mais velho!!!

Beijocas

Margarida e Diogo

terça-feira, 21 de Janeiro de 2014

40 ja? E 500 post's

Deixei a porta aberta
sem bater
sem avisar
fizeram questao de entrar
nem os consegui ver
e sentir?
será que o medo conta?
o medo de envelhecer
e depressa chegar ao entardecer
mas ...
parei
pensei
O que é a idade?
um numero?
ou uma quantidade?
Nao interessa saber
se nao deixo o meu espirito envelhecer
Quarenta Ja?
E depois?..
Que siga o quarenta e um 
o quarenta e dois...
O importante é viver
com alegria e saber
e se cair levantar
e se a dor sentir
continuar a reta numerica
a sorrir!

Bem eu disse-vos que o fato de andar a postar todos os dias tinha "agua no bico" e tem..é a mensagem numero 500 e eu tentei que ela coincidisse com o meu aniversario... 

Para isso trago um bolinho de chocolate para comemorar com vcs e deixar o meu muito obrigado por estes anos de partilha, por cada comentario de carinho, por cada mensagem de amizade!

Sei que ás vezes ando mais desaparecida, sei que nem sempre tenho sido uma pessoa presente, mas quando penso... vou deixar o blog, mesmo por motivos pessoais, como os que me levaram a nao andar tao ativa... batia aquela saudade e nem que fosse uma vez por mes eu tinha de vir cá, ao meu espaço... á minha cozinha virtual, ao vosso convivio... tomar um cafezinho ou um chazinho em cada cantinho vosso que visito...

#4 ovos
#250 gr de açucar amarelo
#240 ml de Leitelho (butermilk)
#200 gr de farinha de trigo
#50 gr de amido de milho
#2 colheres de sopa de essencia de limao
#50 gr de cacau em pó 0%açucar
#200 gr de oleo (usei de amendoim e vcs podem usar metade oleo e metade manteiga)
#1 colher de sopa de fermento em po
#1 lata de leite de coco
#1 embalagem de mousse de café

No copo da bimby colocar os ovos, o açucar e o oleo programar 7min/vel3/temp37º

Neste tempo fazer o Leitelho colocando numa taça 240 ml de leite e uma colher de sopa de vinagre ou sumo de limao e deixar repousar ate o leite qualhar.

Adicionao o leitelho no copo, a farinha, o amido, o cacau e o fermento Programar 15 seg/ vel5

Verter para um tabuleiro (ou uma forma da vossa preferencia) untada, forrada com papel vegetal tb untado e levar ao forno cerca de 30-35 minutos a 180º (façam o teste do palito)

Desenformar e picar o bolo com um garfo e regar com leite de coco generosamente.

Bater a mousse segundo as instruçoes da embalagens e barrar o bolo depois de frio com ela.

Decorar a gosto!



Esta fatia é para vcs mesmo virtual... é com muito carinho

Beijocas

Margarida

segunda-feira, 20 de Janeiro de 2014

Uma quiche vinda com sabores do Oriente











Bom dia, bom dia gente mais linda do mundo e arredores!!!

Mais uma semana que começa e por aqui... embora la fora as nuvens teimem  em continuar a brindar-nos por aqui com umas gotas frias como a neve que continua a cair nas serras aqui em volta!


Na semana passada fiz uma viagem pelos sabores do oriente Aqui e como referi sobraram-me legumes... apos muito pensar e depois de uma conversa com a nutricionista, resolvemos que podia comer quiche... mas uma quiche sem natas... pois é... e sem massa folha ou quebrada... so me resta mesmo a massa filo, que de tao fina e fragil que é as calorias nao sao uma abundancia... e depois ficou-me aquela duvida... será uma quiche ou numa omelete enformada? 

Va lá deixem-me pensar que afinal ainda posso comer uma fatia de quiche sem culpas e sem encher os pneus que começam a ficar vazios!!!


#3 claras
#4 folhas de massa filo (atençao que eu entre elas nao as barrei com manteiga)
#resto de legumes


Numa forma de tarte (eu fiz numa individual tipo de 12 cm de diametro) coloquei as 4 folhas de massa filo  e cortei o excesso.

Bati as claras um  pouco, adicionei os legumes, envolvi bem e verti para a forma!

Levei ao forno a 200º ate estar bem douradinha e cozida!


LPodem servir com uma salada verde, eu optei por grelhar uma courgette com um pouco de sal e 1 fio de azeite!

Beijocas

Margarida


sexta-feira, 17 de Janeiro de 2014

De uma prenda da Lusitana, nasceu um bolo delicioso!


Ah, e nao é que finalmente chegou sexta feira???


Bom dia, bom dia gente mais linda do mundo e arredores!!

Nao, nao se vai tornar um habito postar todos os dias,nao tenho tempo para isso e muitas vezes deixo as minhas postagens agendadas para varios dias... Cofesso que esta semana de postagens diarias tras "agua no bico" e eu na terça revelo o porquê de isto estar a acontecer!


Ora é com muito gosto que o meu blog faz parte dessa enorme familia dos Melhores Blogs Portugueses das fabricas lusitana, e este ano na altura do Natal recebi uma prendina deles! 


Daí pos-se logo um pequenino problema,,, o que vou fazer com a gelatina?

Fui deixando passar o tempo até que numa das minhas visitas ao blog da Andrea vi lá um bolo que me fez acender uma luz e pensei... é este o bolo onde vou usar a gelatina...

Eu sei que as imagens nao estao no seu melhor, é que como eu acho que ja referi a maquina fotografica avariou e eu tenho andado a tira-las com o TLM, peço desculpa por isso, mas de momento estou de todo impossibilitada de comprar uma!

Só vos posso  dizer que para os meus filhos um bolo sem chocolate nao é bolo, e este simplesmente desapareceu num picar de olhos... é realmente maravilhoso... Obrigado Andrea Pela partilha e pela inspiraçao para o que se seguiu!


Podem ver a receita original Aqui

#4 chavenas de cha de leite
#4 ovos
# 2 colheres de sopa de margarina (usei Becel)
#100 gr de queijo parmasao ralado
#150 gr de queijo creme (usei tipo filadelphia)
#1 pacote de gelatina de tangerina da Branca de Neve
#2 colheres de sopa de farinha de trigo
#2 chavenas de açucar 
#1 e 1/2 chavenas de cha de farinha de milho usei ceifeira fino (nao tinha em casa Fubá)
#1 colher de sopa de fermento em pó
#1 pitada de sal

No copo da Bimby adicionei o leite, os ovos, a margarina, o queijo ralado, o queijo creme, o sal, a gelatina em po e a farinha de trigo programei 3min/vel4

Numa tigela peneirei a farinha de milho e o fermento e adicionei a mistura da bimby a este preparado, envolvendo deliciadamente.

Verti para uma forma com aro previamente untada e levei ao forno a 180/200º cerca de 40 minutos.

Eu como cozi em forno de lenha tapei o meu bolo com uma folha de papel de aluminio e nos ultimos 10  minutos destapei para dar cor!

Depois de frio polvilhei com açucar em pó e claro usei um dos lindos stensyl oferta da LUSITANA!

O bolo fica com um excelente aspeto de queijada, muito humido e no meu caso com um sabor a tangerina, que vcs nao fazem ideia!!!

Espero que gostem!!!


Beijocas

Margarida